Diversos Filmes e Séries

Os próximos filmes live-action da Disney após Aladdin

Wow, muita coisa boa vindo aí 😉

Disney! O estúdio que encanta milhões de pessoas desde a década de 1930 (ou seja, dos primórdios da sétima arte) escolheu bem e encontrou um novo modelos de produção na forma das adaptações em live action (com atores reais) de suas animações clássicas (ou neoclássicas).

Aliás, só para ter uma ideia, nos últimos anos tivemos Alice no País das MaravilhasMalévolaMogli – O Menino LoboA Bela e a Fera e Dumbo. E que continua com a estreia da nova versão de Aladdin. Afinal, confira abaixo a lista das demais produções:

O Rei Leão (2019)

Um dos filmes mais aguardados do ano, e um dos potenciais campeões de bilheteria da atual safra. Após o sucesso de seu remake de Mogli – O Menino Lobo, Jon Favreau vai recontar a história de O Rei Leão com impressionantes efeitos visuais e um elenco estelar que conta com Donald Glover, Beyoncé Knowles-Carter e Seth Rogen. Tem tudo para ser um dos grandes filmes do ano.

Malévola: A Mestra do Mal (2019)

Surpresa! A Disney foi ousada ao antecipar a estreia da continuação de Malévola em quase 7 meses, trazendo o filme com Angelina Jolie de 2020 para outubro deste ano. O filme de Joachim Rønning será ambientado anos após o primeiro, e promete continuar explorando a relação entre a protagonista de Jolie e a princesa Aurora, vivida novamente por Elle Fanning. O elenco conta com a entrada de Michelle Pfeiffer, Chiwetel Ejiofor e Ed Skrein.

Mulan (2020)

Logo após o acelerado ano de 2019 para as adaptações em live action da Disney, o ano de 2020 será mais calmo – ao menos é o que parece. Até o momento confirmado só teremos a nova versão de Mulan, baseada na animação de 1998, tida por muitas jovens mulheres como uma das produções mais feministas do estúdio.

Decerto, a história conta sobre uma jovem no Japão que se disfarça de rapaz para provar que pode ajudar seu país numa guerra, sendo uma guerreira tão boa quanto os homens. Aqui, nada de princesa em perigo ou príncipe encantado, e é a própria Mulan quem mete a mão na massa se tornando dona de seu próprio destino. Resta saber se teremos dragões falantes ou se o estúdio irá manter tudo no terreno do “realismo” – mais uma vez citando o recente Dumbo.

Uma vez que a bela Liu Yifei foi a escolhida para dar vida à protagonista e o elenco conta ainda com nomes de peso do cinema asiático, vide Jet LiGong LiDonnie Yen e Jason Scott Lee. No comando, como não poderia deixar de ser, temos uma diretora mulher e uma de muito prestígio: a neozelandesa Niki Caro, de Encantadora de Baleias (2002) e Terra Fria (2005). A estreia é em março de 2020.

A Dama e o Vagabundo

Primeiro filme original anunciado para o Disney+, a clássica história de romance entre cachorros ganhará uma versão “semi live-action”, afinal os protagonistas serão criados digitalmente.

Contudo, Tessa Thompson e Justin Theroux emprestam suas vozes para os papéis principais, enquanto Charlie Bean dirige o longa para o streaming. Ainda não há data de estreia anunciada, mas não se surpreendam se A Dama e o Vagabundo acabar saindo de surpresa no final do ano.

Cruella 

Emma Stone foi escalda para viver Cruella, a vilã de 101 Dálmatas, há anos, e agora o filme enfim vai sair do papel. Com direção de Craig Gillespie, o longa deve contar uma origem para Cruella De Vil na década de 70, prometendo uma abordagem “punk rock” para a história, que não teve detalhes revelados – mas esperem uma abordagem ao estilo Malévola.

A Pequena Sereia

Outro que ainda não possui data de lançamento, ou sequer muitas informações. A Pequena Sereia é uma animação de 1989, que serviu para colocar a Disney numa nova fase, após duas décadas sem grandes sucessos.

Pode ser dito que com A Pequena Sereia era inaugurada a era das superproduções do estúdio, que atingiam o topo das bilheterias, arrastando como nunca anteriormente verdadeiras multidões aos cinemas, chegando ao prestígio do Oscar e de quebra de recordes financeiros, deixando muitos filmes de carne e osso comendo poeira. Justamente por isso, A Disney está guardando sua carta na manga a sete chaves.

Portanto, tudo o que sabemos é que o diretor vinculado ao projeto é Rob Marshall, especialista em musicais, que recentemente assinou o sucesso O Retorno de Mary Poppins, com Emily Blunt. O filme promete ser um musical completo. Enquanto a estrela da música pop e agora atriz indicada ao Oscar Lady Gaga vem sendo cogitada para o papel da vilã Úrsula, todos os fãs se mobilizam para indicar a gracinha supercarismática Zendaya para o papel principal de Ariel. Isso que seria representatividade, já pensaram? É só dar uma olhada no musical O Rei do Show (2017) para ver a jovem de cabelos rosa, arrebentando nas canções e na parte física. Já tem meu voto – façam acontecer.

Lilo & Stitch 

Mais um projeto anunciado no ano passado, e que provavelmente deve ser destinado ao streaming do Disney+. Ainda não há equipe criativa trabalhando no projeto. 

Peter Pan

Com o sucesso moderado de Meu Amigo, o Dragão, o cineasta David Lowery foi contratado pela Disney para um projeto mais ambicioso: um novo live-action de Peter Pan. Lowery atualmente trabalha no roteiro da nova versão, e deve assumir a direção.

Fique por dentro:

Acompanhe todas as atualizações do blog no facebooktwitter e instagram. Loja Virtual: Nerd X

Anúncios

17 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.